5 adoçantes naturais e saudáveis alternativos ao açúcar

Todos nós gostamos de o doce, mas o açúcar não é muito bom para o nosso organismo. Na hora de adoçar o café ou a sua sobremesa temos um monte de alternativas ao açúcar branco refinado, como a sacarina. No entanto, a sacarina não é natural, e muitas vezes o açúcar é melhor que os adoçantes naturais. Mas, por sorte, nós temos um monte de adoçantes naturais e saudáveis que nos servirão para adoçar nossas criações gastronômicas sem ter que recorrer ao açúcar. Vamos conhecê-las!

1. Estévia

Com um sabor semelhante ao do alcaçuz pode ser o adoçante perfeito: não tem calorias, adoça 300 vezes mais que o açúcar e é indicado para diabéticos, já que regula naturalmente os níveis de açúcar no sangue. Você pode tomar em pó, extrato puro, as próprias folhas da planta stevia (por exemplo, em infusões) ou um extrato purificado. No entanto, este último não é tão terapêutico. Outra das propriedades de a estévia é que é digestiva, melhora a saúde dental ou a circulação e é ligeiramente hipotensora.

estévia-folhas

2. Mel

A estas alturas já sabe que no supermercado você pode encontrar diferentes tipos de mel: de flores, de eucalipto, cana, de abelha… Vamos ficar com estas duas últimas, a mel-de-cana e a de abelha. O mel de cana ou de melaço é rica em minerais e vitaminas, é recomendado para crianças, pessoas estressante ou anêmica, desportistas, etc.; e se consegue a partir da cana-de-açúcar. Se chama mel porque se parece com a de abelha, e quanto mais escura seja mais estão intactas suas propriedades.

O mel de abelha é muito mais conhecido, e adoça-se 25 vezes mais que o açúcar. Suas propriedades nutritivas, há que acrescentar que é um poderoso antibiótico natural , que nos serve como expectorante, anti-séptico, fortificante, calmante, laxante, diurético, bactericida e até mesmo para curar feridas ou queimaduras. Recomenda-Se comer apenas uma colher de sopa por dia para adoçar nossos sumos, chás ou iogurte, e sempre que puder escolha méis de abelha verdes e cruas, que conservam melhor todas essas propriedades.

mama_mia || Shutterstock

mama_mia || Shutterstock

3. Xarope de agave

Também conhecido como xarope de agave é a “mel vegana”, com a qual partilha a textura e a cor, embora seu sabor é bastante suave. O ponto a favor é o seu índice glicêmico baixo, que o converte em um adoçante indicado para diabéticos (ao contrário de outros como o xarope ou xarope de bordo); mas há que consumir com moderação, devido à frutose, que chega a 75%, se processa em bruto e a altas temperaturas. Mais uma vez, que devemos procurar a versão ecológica.

colher-com-calda

4. Pólen de abelhas

Vamos com outro adoçante natural muito mais nutritivo -e doce que o açúcar. A doçura do pólen de abelhas se somam as vitaminas, minerais, proteínas e hidratos de carbono que nos dá, o que representa um plus de energia. Compartilha a maioria de benefícios do mel, e também nos ajuda a prevenir e melhorar os sintomas de algumas alergias. O fato de encontrá-lo em pó faz com que seja o adoçante perfeito para batidos, liquefeitos ou smoothies, bebidas doces e refrescantes, onde se misturam vários alimentos.

açúcar-moreno-terron

5. Açúcar mascavo

Quem diz o açúcar mascavo também diz – açúcar integral ou açúcar de cana, outros nomes que recebe este açúcar que você pode encontrar sem problemas em seu supermercado. Ao contrário do branco não é refinado, o que permite preservar as vitaminas e minerais da cana-de-açúcar ou da beterraba, embora, mais uma vez, há que ler a letra pequena: há marcas que vendem açúcar branco com extrato de melaço, o que lhe dá essa cor tostado tão característico, mas sem chegar a ser açúcar mascavo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *